Preocupar-se pode ser um obstáculo

preocupação artigo blog hugo almeida

Preocupar-se

Será que estar a preocupar-se com algo pode ajudar? Ou será apenas mais uma forma de obstáculo?

A preocupação é na verdade uma busca por algo que entregue algum tipo de garantia. Preocuparmo-nos acontece porque em algum formato estamos conectados com o resultado de algo, procuramos um determinado final para uma determinada situação. Desta forma, a preocupação só existe para com algo com que estejamos diretamente relacionados. E de facto percebemos que não nos preocupamos com coisas que não inferem na nossa vida. Por isso todos temos preocupações, mas são diferentes tipos de preocupações, e sobre variados e diversos assuntos.

Na verdade, o tempo que passamos envoltos em preocupação é um tempo desperdiçado, porque não estamos a usar eficientemente o tempo, e dessa forma não seremos eficazes quanto ao resultado pretendido. O tempo onde de verdade investimos o nosso tempo com um sentido de controlo é no nosso trabalho. Preocupar-se é uma experiência de não realização, de não cumprimento do que importa: a ação.

Conclusão

Se o problema pode ser resolvido, então porquê preocupar-se? Afinal quando se fala em um problema, estamos a definir que um problema é algo que tem uma solução. Se não existir uma solução então não é um problema, é uma situação. 

Preocupar-se não lhe trará um benefício real. Foque-se no que realmente importa e tome a dianteira da ação.

Separe o processo do resultado e não terá preocupações na sua agenda. 

___

Se pretender conversar mais sobre este assunto, pode encontrar os meus contactos na página de Contactos.

Publicado em 2021-10-16, por Hugo Miguel de Almeida.

follow

Acompanhe a jornada

Siga-nos e nunca perca um artigo do nosso blog. Apenas conteúdo original e autêntico sobre assuntos atuais.